Jato de Eike Batista à venda Executivo vende Legacy 600 com capacidade para 13 passageiros por US$ 14,5 milhões gplus
 
 
 

Jato de Eike Batista à venda

Executivo vende Legacy 600 com capacidade para 13 passageiros por US$ 14,5 milhões

O empresário Eike Batista, proprietário do Grupo EBX, resolveu colocar seu jato executivo à venda, um aviãozinho de pequeno porte, mas com muito conforto, modelo Legacy 600, da Embraer, ano 2008. A aeronave tem capacidade para transportar 13 passageiros.

A venda foi anunciada no site Controller.com sem o preço, mas sabe-se que uma aeronave similar do mesmo ano custa o valor US$ 14,5 milhões.

O jato Legacy 600 foi lançado em 2000 e marcou a entrada da Embraer no mercado de aviação executiva. Segundo a Embraer, além do conforto e desempenho excelente, a aeronave tem baixo custo operacional nas manutenções. O alcance de voo é de 6.297 km (3.400 nm).

O avião de Eike tem preparos operacionais para operações no espaço aéreo global, espaço aéreo congestionado, aeroportos com terreno desafiador e más condições meteorológicas. No tocante aos passageiros, tem telas de LCD nos bancos, sofá cama, o maior compartimento de bagagens da categoria, cozinha espaçosa e equipada, sofá cama, assentos com capacidade totalmente reclinável e também o maior lavatório do modelo.

A cabine do piloto é equipada com a nova suíte de aviônica Honeywell Primus Elite, recomendada para os novos padrões de operações aéreas, além de telas LCD + DCC, capacidade de apresentação de mapas e cartas, navegação vertical e outras qualidades técnicas que lhe conferem mais segurança.

As empresas do Grupo EBX contabilizaram prejuízos de R$ 1,154 bilhão nos três primeiros meses de 2013. Foi a primeira vez que o rombo nas empresas superou a marca de R$ 1 bilhão desde que os papéis do grupo passaram a ser negociados no mercado acionário, em 2006.